*Por Sérgio Maffioletti

É inegável a importância das árvores para a qualidade ambiental das cidades, sejam elas existentes em vias, praças, condomínios, casas e empresas, pois, além da visão estética e de beleza cênica para os espaços público e privados, são importantíssimas para o equilíbrio climático, manutenção dos volumes de água nos rios e lagos, bem como, no equilíbrio ecológico local permitindo não só a sustentabilidade ambiental urbana, mas de todos os animais e vegetais associados a esses ambientes.

Quando pensamos em clima, as cidades e ambientes urbanos sofrem com o que se chama de “ilhas de calor”, em que a ausência de arborização urbana e áreas verdes que regulem temperatura, umidade e frequência das chuvas, causam uma intensa evaporação da água, excessivo acúmulo de calor nas estruturas de concreto e baixa movimentação de fluxos de ar, tendo como consequência altas temperaturas e baixa umidade em algumas situações. Devido à impermeabilização do solo (áreas compactadas) das cidades, na ocorrência de chuvas torrenciais, temos ainda como consequência enchentes generalizadas, que também estão associadas ao descarte inadequado de resíduos.

A água que tanto precisamos em nosso dia a dia, também tem sua regulação de disponibilidade e quantidade pela presença maior ou menor de árvores, pois essas agem tanto na regulação dos períodos chuvosos através dos processos de evapotranspiração (liberação de umidade no ar), bem como na permeabilidade do solo (áreas porosas) que, ao receber as chuvas, pode reter água em seus lençóis freáticos.

Não podemos esquecer a função ecológica das árvores, como moradia e alimentação de animais e vegetais, sejam eles mamíferos, aves, répteis, insetos, bromélias e fungos, cada um vivendo em equilíbrio na guarda de uma árvore ou conjunto delas.

Quando nos posicionamos em plantar e cuidar de uma árvore, não fazemos apenas para nós e, sim, para uma próxima geração, pois dependendo do tipo de árvore que plantamos, ela poderá alcançar sua maturidade e produzir frutos apenas depois de décadas. Quem nunca visitou a casa de um parente ou avós que se orgulhavam em falar que aquela enorme árvore frondosa foi plantada por ele quando jovem?

Portanto, cuide da sua geração, hoje! Seja plantando ou cuidando de uma árvore, pois, um dia ela vai garantir o clima agradável, a água e o alimento de alguém no futuro.

No próximo dia 21, é comemorado no Brasil o Dia da Árvore. O RioMar Recife, com seu posicionamento “Dia a Dia Sustentável”, conserva mais de 40 mil metros quadrados de áreas verdes e arborizadas e tem uma das maiores coleções de Palmeiras ex situ (de diversos países do mundo) em seu entorno. Venha conhecer!

Grupo JCPM lança manifesto pela sustentabilidade

*Sérgio Maffioletti é gerente de desenvolvimento socioambiental do Grupo JCPM