Etiqueta da Gripe: 4 dicas para se prevenir
Foto: Pexels/Divulgação

Etiqueta da Gripe: 4 dicas para se prevenir

* Atualizada no dia 22 de novembro de 2020.

Por Carmen Peixoto*

Sabe-se que ao longo do ano inúmeras pessoas são atingidas pela gripe. Embora sejam resfriados simples, se olharmos para o cenário mundial veremos que os cuidados de nossa parte devem ser redobrados, isso porque nos encontramos num momento delicado, no qual alguns indícios apontam para uma nova onda de contágio do novo coronavírus (Covid-19). A ideia é que juntos possamos colaborar para diminuir e erradicar os efeitos de um vírus que atinge nações e isso depende de observarmos alguns cuidados, que chamamos de Etiqueta da Gripe.

Oftalmologista explica como proteger os olhos do contágio do coronavírus

Principal regra da Etiqueta da Gripe

Além de nos proteger temos de pensar nos que estão ao nosso redor. O vírus se instala até em superfícies lisas como a maçaneta da porta. Então o mais importante é manter as mãos limpas. Sempre que possível lave com sabão e água e esfregue pelo menos uns 30 segundos, tanto a palma da mão quanto o dorso e entre os dedos. Também é muito importante lavar as mãos com álcool em gel. Evite apertar a mão das pessoas, cumprimente de longe com gestos e acenos.

Usar lenço descartável ao espirrar

Outra regra valiosa para nossos dias é o uso de máscaras, tal ferramenta é indispensável no combate ao vírus. Usar lenços descartáveis ao espirrar ou tossir e jogá-los, em local fechado como um saco plástico ou lixo fechado. Se não tiver tempo de usar o lenço ao espirrar ou tossir, proteja com o antebraço e não com sua mão. Outra recomendação é que quando estiver obstruído evite inspirar ou seja engolir a secreção, mas aspirá-la com o lenço.

Nova forma de cumprimentar

Nesse tempo de crise evite cumprimentar com as mãos e falar próximo de pessoas. Todos vão entender, desde que você se expresse cordialmente. Se por acaso esquecer e cumprimentar com as mãos, passe álcool em gel depois e evite tocar na boca, nariz e rosto.

Criar hábitos nas crianças

Encorajá-las a fazer como os adultos, e ensinar a forma correta de lavar as mãos, sempre que necessário. É importante também ensiná-las a manter os brinquedos limpos, e não levá-los à boca. Mais do que educar, essas atitudes protegem a saúde da criança.

Vamos nos habituar a estes cuidados e colaborar para manter a saúde de todos.

*Carmen Peixoto é jornalista e instrutora de etiqueta profissional e social 

Deixe seu comentário