Qual a receita para uma noite agradável? O público presente no RioMar Recife, nesta sexta-feira (27), responderia música de qualidade, ambiente agradável, com amigos e a família reunidos. É que às 18h teve início o RioMar Jazz Fest, gratuitamente, na Praça de Alimentação, com muitos solos de guitarras e duetos emocionantes.

https://vivariomarrecife.com.br/agenda/riomar-jazz-fest-movimenta-o-riomar-recife-em-abril/

Quem deu os primeiros acordes foi o grupo Quinteto Metais. Passeando por músicas famosas em ritmo de jazz, como o tema da Pantera Cor de Rosa e a abertura de Os Simpsons, a banda logo agradou a plateia, entusiasmada com o ritmo dos instrumentos de sopro.

Fotos: Paloma Amorim/ Especial para o RioMar

A publicitária Juliana Lisboa, de 42 anos, estava acompanhada do marido e da pequena Heloísa, de apenas sete anos, e comentou sobre o evento. “Curtimos muito jazz e aproveitamos que nossa filha estava com fome para lancharmos ao som de uma boa música. Por isso escolhemos um local próximo ao palco”, detalhou Juliana.

Juliana Lisboa curtiu muito jazz ao lado do marido Sérgio Kyrillos e da pequena Heloísa

Em seguida, foi a vez do músico Guilherme Teles dar um show de originalidade com o seu violão. O set incluiu canções autorais do artista, que, além disso, deixou todo mundo impressionado ao mesclar o seu estilo às obras de outros intérpretes famosos, como Almir Sater.

As amigas Vera Patriota e Magdala Álvares aguardavam ansiosas a cantora norte americana Alma Thomas. “Chegamos cedo para sentar no melhor lugar. Agora, podemos com toda a comodidade assistir aos shows. Acompanhamos o festival desde o primeiro ano e não perdemos por nada”, enfatizou Vera. Elas ainda comentaram que irão voltar ao RioMar neste sábado (28) para aproveitar a apresentação de Kenny Brown (EUA).

As amigas Vera Patriota (da esquerda) e Magdala Álvares curtem o festival desde a primeira edição

Quando o relógio marcou cerca de 19h, subiram ao palco o guitarrista Victor Biglione, da Argentina, e a cantora Alma Thomas. Juntos, “incendiaram” o lugar. O dueto era um casamento perfeito entre solos de guitarra de Biglione e a poderosa voz da artista estado unidense. Era simplesmente impossível não reagir aos dois.

Magistralmente, os músicos alternavam o compasso, ora com maior intensidade e outras vezes mais lento, para que todos pudessem respirar, antes de balançar novamente. Com muita experiência, o guitarrista não somente passeou pelos acordes como também soltou a voz tocando um clássico de Jimi Hendrix. Foi a deixa para um público estupefato ficar ainda mais empolgado com uma “canja” dada por Kenny Brown no palco, encerrando a noite.

Neste sábado, o festival começa às 18h com a banda Uptown Blues Band comemorando 20 anos de sucesso. Depois Kenny Brown sobe ao palco para mostrar a força do jazz de New Orleans, terra natal do ritmo e também do guitarrista. O mall vai estar funcionando em horário estendido, das 9h às 23h, com as operações da Praça de Alimentação e do Boulevard de Restaurantes, do Piso L3, abertas.

https://vivariomarrecife.com.br/agenda/fim-de-semana-tem-riomar-jazz-fest-e-horario-estendido/