Parecia uma festa raiz de interior. Com direito àquele forró pé-de-serra dos bons e quadrilha improvisada. Casais de todas as idades dançando juntinhos, sem qualquer preocupação. Ao som da sanfona e do triângulo, clássicos como Sou feliz, O cheiro de Carolina, Sabiá e Pagode Russo de Gonzagão. Assim foi a abertura da 4ª edição do RioMar Forró e Tradição, evento gratuito realizado pelo RioMar Recife, em parceria com o Sistema Jornal do Commercio do Comunicação. O arrasta-pé começou nesta quarta-feira (6) e segue até sexta. Para o abre, o encontro de duas gerações de forrozeiros: Dudu do Acordeon e Israel Filho.

A carioca Vanessa do Nascimento, que está no Recife a trabalho, ficou sabendo do evento nessa terça-feira, quando veio ao shopping. “Adoro forró pé-de-serra e, estando no Nordeste, não poderia perder”, disse Vanessa, que não parou um segundo, dançando sozinha ou acompanhada dos dançarinos do evento.

Vanessa disse que não poderia voltar para o Rio de Janeiro sem curtir nosso São João.

O recifense Dudu do Acordeon abriu sua temporada junina de shows com chave de ouro. Até o São João, serão mais de dez apresentações, na capital e no interior do Estado. “Eu sempre busco inovar no repertório. Trago o tradicional com uma linguagem jovem. Um evento como esse é muito importante para resgatar nossa tradição. Gosto desse clima, da interação do público”, disse o músico. Dudu armou uma grande quadrilha com gente de todas as idades dançando juntos. O mestre dava os comandos e os forrozeiros seguiam, do balancê ao anavantur.

Ao som romântico do caruaruense Israel Filho – o tradicional forró gonzaguiano, como gosta de chamar -, dançava agarradinho o casal Alex Silvino e Maria Luana Xavier. Gostam tanto de São João que, este ano, vão viajar para Juazeiro do Norte, no interior do Ceará. “Gostamos desse forró legítimo, pé-de-serra. É o segundo ano que estamos aqui. Gostamos muito porque é seguro e muito organizado”, destacou Alex.

Alex e Maria Luana vão passar o São João no Ceará, mas não poderiam deixar de dançar o forró pé-de-serra pernambucano.

Há mais de 30 anos, Israel leva para o público com sua viola o melhor do tradicional São João nordestino. Na noite de hoje, fez uma surpresa, regionalizando com instrumentos como acordeon clássicos dos Beatles.

Mais forró 

Nesta quinta-feira, tem Forró Quenga de Coco e Liv Moraes no RioMar Forró e Tradição, a partir das 18h. Na sexta, será a vez de Cristina Amaral e Irah Caldeira. A programação junina do RioMar segue até o dia 23.

Junho tem mais uma edição do RioMar Forró e Tradição; veja programação