Nesta quinta-feira (12) teve início o Festival das Crianças, no RioMar. O evento montado na área externa, próximo aos empresariais, atraiu centenas de pessoas, que pularam e cantaram muito com a banda Beatles para as Crianças. Os papais e as mamães que levaram os seus filhos puderam curtir os clássicos “Twist and Shout”, “Yellow Submarine” e “Lucy In The Sky With Diamonds”, todas com coreografias ensaiadas pela banda.

O casal Diane Campelo e Emanuel Monteiro levou a pequena Marina para curtir a data com bastante música e animação. “Nós programamos vir hoje por ser feriado, e como trabalhamos amanhã, nada melhor do que curtir esse momento em família”, conta Diane. Eles também elogiaram o espaço recreativo dedicado à garotada. “Quem tem filho pequeno sabe do diferencial que é poder contar com um lugar onde se possa descansar. Além de entreter os pequenos antes do início do show”, destaca Emanuel.

O casal Diane e Emanuel levou a pequena Marina para curtir o Festival das Crianças

Quem foi ao show também pôde aproveitar o amplo espaço do local, com inúmeros assentos confortáveis, banheiros, espaços para recreação dos pequenos e operações de alimentação.

O festival segue até o próximo domingo (15) e os ingressos custam R$40,00 (inteira) e R$20,00 (meia entrada, que vale também para crianças e adolescentes de 2 até 15 anos que não possuem carteira de estudante) e serão vendidos exclusivamente na bilheteria oficial do evento, no Piso L2 do RioMar (na antiga loja Kiehl’s). Para as famílias, há a opção do pacote promocional: os ingressos para uma criança e um adulto saem por R$54,00, com 10% de desconto para um dia de evento.

Para a corrida infantil solidária, os ingressos custam R$50, mas apresentando a doação de um brinquedo em bom estado ou 1kg de alimento não perecível, o valor do ingresso passa a ser R$40. As doações serão recebidas pelo NACC – Núcleo de Apoio à Criança com Câncer.

O Regulamento completo do Festival das Crianças pode ser conferido no site do RioMar Recife: www.riomarrecife.com.br/festivaldascriancas.