“Saúde é Vida” é o nome da palestra do oncologista Drauzio Varella, e, de fato, o título faz jus à apresentação. Durante a primeira edição do RioMar De Bem com a Vida de 2018, no Teatro RioMar, o médico discorreu de maneira muito bem-humorada sobre o tema e como as nossas ações estão relacionadas com o bem-estar físico e até mesmo emocional. E para sentir o impacto do conhecimento transmitido à plateia, a equipe do Viva RioMar ouviu três pessoas de perfis diferentes.

Drauzio Varella motiva público durante RioMar De Bem com a Vida

A primeira delas, dona Loura Pires, de 70 anos, chamou atenção por estar munida de um caderninho onde anotava cada informação repassada pelo médico. Ela contou que já tinha conhecimento sobre alguns assuntos tratados na palestra, mas que ao escutar Drauzio falando, sentiu que um sinal de alerta havia sido ligado. “É como se ele falasse assim: ‘Acorda, Loura!’. Senti que preciso rever alguns hábitos, principalmente abandonar o sedentarismo, e assim irei fazer”, garantiu.

Dona Loura Pires anotava no seu caderninho as informações repassadas por Drauzio Varella. Fotos: Acervo/RioMar

Ali pertinho, sentado um pouco mais à frente, estava Fernando Monteiro, de apenas 20 anos, estudante de engenharia civil. Convidado pela mãe e as tias, o jovem enxergou uma oportunidade de ver de perto alguém com a “autoridade de Drauzio Varella”, nas palavras dele próprio. “Escutar alguém com a propriedade de falar sobre saúde como Drauzio, faz toda a diferença. Por exemplo, ouvi-lo ressaltar a forte influência da genética sobre o aparecimento de fatores de risco, me motivou a retomar exames periódicos em determinados pontos que estavam negligenciados por mim”, destacou Fernando.

Para Fernando Monteiro, foi uma oportunidade ímpar escutar os ensinamentos do médico.

Já Vicente Galvão, de 48 anos, idade destacada por Drauzio em que já começam a surgir as doenças cardiovasculares, afirmou manter uma rotina de exercícios físicos. “Pra mim foi excelente ter a confirmação que já estou no caminho certo. Mas, além disso, o médico tocou numa questão importante, que é o equilíbrio alimentar. Muitas vezes deixamos de fazer essa correlação, entre alimentação e saúde”, comentou Vicente.

Vicente Galvão ficou aliviado em saber que está no caminho certo das atividades físicas.