Em um mega evento realizado nesta quarta-feira (12), no Steve Jobs Theater, a Apple lançou seus novos aparelhos e demonstrou as novas configurações. Foi apresentado três modelos de smatphones, o novo chip A12 Bionic e as atualizações do IOS1.

Algumas informações vazaram em sites durante estas últimas semanas, confirmando os rumores em relação às nomenclaturas dos novos iPhones, modelos, dois chips e também modelo mais acessível. Entretanto, outras novidades só foram reveladas durante a apresentação realizada por Jeff Williams, diretor de operações da Apple Inc

A gigante tecnológica americana revelou seus smartphones com a nova nomenclatura ‘Max’ e não mais ‘Plus’, como as versões anteriores. O dispositivo estrela foi apresentado em dois tamanhos: 5,8 polegadas (14,7 cm) e um modelo “Max”, com uma nova tela OLED, Liquid Retina (a mais avançada tela de retina do mercado) de 6,5 polegadas (16,5 cm), apostando em telas grandes, sem aumentar o tamanho do dispositivo.

Com isso, a companhia atualizou seus celulares mais caros, lançados há apenas um ano. Os novos aparatos devem ajudar a Apple a manter sua participação no mercado de luxo. “Vamos levar o iPhone X ao próximo nível”, afirmou o CEO Tim Cook em um lançamento à imprensa na sede da companhia, na Califórnia.

A grande novidade dos aparelhos foi sem dúvida a câmera dupla de 12 MP com lentes grande-angular e teleobjetiva, zoom óptico de 2x; zoom digital até 10x, modo Retrato com efeito bokeh avançado e controle de profundidade iluminação de retrato com cinco efeitos (Luz Natural, Luz de Estúdio, Luz de Contorno, Luz de Palco, Luz de Palco Mono).

Tem dupla estabilização óptica de imagem, lente de seis elementos, ash True Tone de quatro LEDs com sincronização lenta, foco automático com Focus Pixels e toque para ajustar o foco. HDR Inteligente para fotos, captura de ampla tonalidade de cores para fotos e Live Photos, mapeamento de tom local, correção avançada de olhos vermelhos, estabilização automática de imagem e também localização geográfica.

Os vídeos também inovaram, com gravação de vídeo 4K a 24 qps, 30 qps ou 60 qps, alcance dinâmico estendido para vídeo até 30 qps, zoom óptico de 2x; zoom digital até 6x, ash True Tone de quatro LEDs, câmera lenta de 1080p a 120 qps ou 240 qps, estabilização cinemática de vídeo (1080p e 720p)

Os novos aparelhos tiram fotos em 8 MP enquanto grava vídeos 4K e podem car durante 30 minutos numa profundidade de 2 metros. Além da proteção extra com tipos de outros líquidos.

A versão com dois chips só será disponibilizado ao mercado chinês, relatou a Apple.

Iphone XR 

Este foi o modelo que veio substituir o Iphone 8, porém com muitas melhorias. O XR também tem tela de Liquid Retina, entretanto é LCD e não OLED, como os demais lançamentos. O botão de desbloqueio que existia no Iphone 8, foi substituído pelo Face ID ainda com uma versão mais rápida. Este modelo será vendido no mercado americano a partir de U$ 749.

Apple Watch Series 4

A quarta geração do Apple Watch em uma versão redesenhada e com uma série de ferramentas para ampliar sua performance como aparelho médico e de saúde. O relógio, vendido nos Estados Unidos a partir de US$ 399, chegará às lojas americanas em 21 de setembro.

“O Apple Watch se tornou um guardião inteligente de sua saúde”, enfatizou o diretor de operações da Apple Inc. Ele destacou também uma inovação de peso: a capacidade de fazer um eletrocardiograma (ECG). Esta função foi aprovada pela Food and Drug Administration (FDA).

“Esse é o primeiro produto de ECG direto das lojas para os consumidores”, armou. “Agora, você pode fazer um ECG a qualquer momento, de qualquer lugar, bem do seu pulso”. O aparelho também detecta quando a pessoa cai – o que pode ser importante para idosos ou decientes.

“Identificar uma queda pode soar como um problema direto, mas requer muita análise de dados”, disse Williams. Se uma pessoa cair e não se mexer, o relógio liga para os serviços de emergência, acrescentou.

Fonte: MundoBit