Dez anos, 30 mil pessoas atendidas. Esse é o principal presente recebido pelo Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social por uma década de atuação com o foco na transformação de jovens do Nordeste. O trabalho começou no Recife, atendendo as comunidades do Pina e de Brasília Teimosa, na Zona Sul do Recife. A ação do IJCPM é pautada, sobretudo, na educação, dando aos jovens o conhecimento necessário para ter acesso ao mercado de trabalho de forma igualitária. Na capital pernambucana, 1,8 mil pessoas já foram inseridas no mercado com o apoio do instituto.

» Veja reportagem especial sobre os dez anos do instituto

Presente atualmente nos estados de Sergipe, Ceará, Bahia e Pernambuco, com um total de seis unidades, oferece aos jovens de 16 a 24 anos, moradores do entorno dos empreendimentos do Grupo JCPM, matriculados ou egressos de escolas públicas, formações que vão desde idiomas (inglês e espanhol), passando por debates sobre cidadania e sustentabilidade, robótica, pré-universitário, oficinas culturais e educativas, com melhoria em áreas importantes para qualquer profissão, como matemática e português. Também estimula na comunidade o desenvolvimento do empreendedorismo, além de apoiar as questões de cidadania, com realização de debates e cursos associados à instituições de referência como Fecomércio e Sebrae.

Ainda para os jovens, é oferecido um curso pré-universitário, com uma metodologia de ensino diferenciada, desenvolvida pela equipe do Direto ao Ponto, que leva para além da sala de aula o aprendizado, com 30% dos jovens participantes inseridos em universidades públicas na última seleção.

Mercado e empreendedorismo 

Não simplesmente dar o peixe. Mas ensinar a pescar. Essa é a ideia do IJCPM. Para isso, mantém, além das qualificações, oficinas e palestras sobre formação profissional. A partir desse apoio, mais de quatro mil jovens iniciaram a carreira profissional com o acompanhamento do instituto. Só no Recife, são 1,8 mil.

O empreendedorismo também está inserido nas atividades. A formação empreendedora, em parceria com Sebrae, levou para as comunidades, além de consultorias para desenvolvimento de peças, questões como formação de preço, margens necessárias, produção. Fruto desse trabalho é a loja Artesanato de Talentos, loja no RioMar que comercializa produtos em períodos de grande fluxo como Natal, Carnaval e São João.

Artesãos do Pina e Brasília Teimosa expõem em loja no RioMar

Cidadania 

No Instituto JCPM, também são oferecidas aulas de ginástica para a terceira idade feita em parceria com o RioMar e a Academia Companhia Athletica, além da reforma de praças e ações de cidadania como emissão de documentos, exames médicos e debates sobre os problemas das comunidades do Pina e Brasília Teimosa.

Nesta terça-feira, a Assembleia Legislativa de Pernambuco fará uma homenagem ao IJCPM como marco dos dez anos.