Para não errar na hora do Amigo Secreto

Para não errar na hora do Amigo Secreto

Por Carmen Peixoto*

A brincadeira do Amigo Secreto, muito adotado nas festas de fim de ano, é uma maneira informal de aproximar colegas de trabalho, parentes e amigos. Normalmente a pessoa descreve seu amigo secreto para que os demais adivinhem de quem se trata. A brincadeira tornou-se conhecida em 1929, em plena depressão, onde não havia dinheiro para comprar presentes para todos. Então se fazia a brincadeira para que todos pudessem sair com presentes.

Na hora de dar as dicas sobre o Amigo Secreto, evite piadinhas constrangedoras pois em vez de amigo você pode ganhar um inimigo. Ressalte aspectos positivos de sua personalidade e faça desse momento algo prazeroso e alegre.

Quem organiza

Planeje data e horários em que os envolvidos possam participar, estipule um teto para a compra dos presentes e, dessa forma, evite constrangimentos na hora da confraternização. Outra providência importante para quem planeja o Amigo Secreto é pedir aos participantes que relacionem algumas opções dos produtos que gostaria de receber. Isso facilita muito na hora da compra.

Na hora do sorteio dos nomes

Se você ficou frustrado porque se deu mal no ano passado, caprichou no presente do seu amigo e recebeu um aquém do que desejava, não desanime, parta para a próxima brincadeira com bom humor. Se quem você tirou não foi do seu agrado, dê a volta por cima porque não se recomenda pedir para trocar de pessoa. Capriche na escolha do presente e demonstre seu bom gosto independentemente de qualquer diferença que haja.

Para um companheiro de trabalho o que dar?

O que importa nessa ocasião é o gesto, a lembrança de presentear aquela pessoa. Portanto, não dê presentes caros, não ultrapasse a quantia estipulada, até porque a pessoa pode se sentir na obrigação de retribuir da mesma forma. Escolha um CD com gênero de música que agrade ao amigo, um bom livro, um vinho, chocolates… Mas também evite comprar algo com um valor bem menor do que foi acertado, pois parece que não deu importância para quem você tirou.

Tirou o chefe? Não se preocupe!!

A regra é para todos e se o chefe aceitou participar do Amigo Secreto, então não precisa gastar mais só para agradá-lo, pois isso é bajulação. Siga as regras, mas observando o perfil de quem vai receber o presente. Se ele gosta de livro, você precisa saber o gênero: biografia, romance, ficção..

Qual a melhor forma de acertar na escolha do presente?

Faça as seguintes perguntas a si mesmo: a lembrança que comprei corresponde ao gosto da pessoa que vai recebê-lo ? É algo que exprima bom gosto e senso de oportunidade ? E preste atenção: presentes engraçadinhos só são divertidos na hora, quando muito. Não entre nessa! Observe o perfil do presenteado, se ele é alguém formal ou descontraído, se gosta de determinado gênero de livro, de música popular ou orquestrada.

Os Chocólatras

Há também os chocólatras que adoram organizar o Amigo Secreto, só que os presentes, claro, são chocolates os mais diversos, dependendo da preferência de cada um: ao leite, meio amargo, branco, orgânico, diet ou sem lactose. O importante é curtir aquele delicioso momento.

Quando o presente não foi do seu agrado

Evite demonstrar frustração nessa ocasião. Agradeça e pense que o objetivo da ocasião é a confraternização, portanto continue na brincadeira. Seja leve e agradável.

Sem intimidade 

Caso a brincadeira seja na casa de alguém que você não conheça bem, evite objetos de uso pessoal como camisas, blusas, acessórios e perfumes.

*Carmen Peixoto é jornalista e instrutora de etiqueta profissional e social

Deixe seu comentário