Qual é o seu amor? Em que momento, as mãos de vocês se encontraram? Esse toque, muitas vezes sutil, diz tantas coisas… começa timidamente, de repente, cheio de coincidências – ou diferenças – mas também pode durar uma vida inteira. Não importa a história que está por trás desse entrelaçar. O importante é viver este amor. Não apenas no dia 12 de junho. Mas todos os dias. ❤