Aromas e Vinhos RioMar: Rafael Puyau dá aula sobre a bebida
Fotos: Paloma Amorim/Especial para o RioMar

Aromas e Vinhos RioMar: Rafael Puyau dá aula sobre a bebida

Quem esteve presente no Cinemark na noite dessa terça-feira (13), durante o Aromas e Vinhos RioMar, teve uma aula sobre a bebida. É que o convidado do evento, Rafael Puyau, embaixador da Enocultura no Rio de Janeiro, escola que foi eleita em 2017 pela WSET Global como a melhor escola de vinhos do mundo, trouxe detalhes minuciosos e dicas preciosas para quem está se aprofundando nesse universo saboroso.

Maria Antonia Russi mostra por que o vinho é tão fascinante

Um exemplo: vinhos que passam por barricas (madeira de carvalho) costumam ser mais caros, não só pelas notas amadeiradas sobressalentes, mas sobretudo pelo preço do barril – varia de 800 a 900 dólares, o recipiente de 225l. E vinhos tranquilos? Sim, não tem a ver com a bebida ser “calma”, 😝 mas por não conter gás, ao contrário dos espumantes.

Dentro do tema, um tópico chamou atenção: podridão nobre. 🤔 Pois é, são os vinhos cujas uvas passam pelo processo de extração através de um fungo e por isso encarecem o valor da garrafa. Além disso, são mais doces e carregam notas de mel.

Já em termos de qualidade, uma dica: a diferença entre “reserva” e “reservado”. Provavelmente, quem já passou um tempo no corredor de vinhos de qualquer supermercado deve ter reparado nesses nomes, mas é bom saber que os reservados não necessariamente passam por barricas – seus produtores adicionam chips de madeiras -, diferentemente dos reservas que ficam determinado tempo armazenados em barris de madeira.

Outra coisa: não precisa ficar perdendo tempo escolhendo rótulos que estejam deitados nas prateleiras em detrimento dos que estão em pé. Na realidade, é mais frutífero – o trocadilho foi irresistível – prestar mais atenção na incidência de luz, já que dependendo da intensidade luminosa pode acelerar as reações químicas dentro da garrafa alterando o sabor da bebida.

E por falar em qualidade, outra dica: para quem gosta dos vinhos nacionais, a safra de 2018 foi considerada uma das melhores safras de todos os tempos. Vale a pena investir. 😉

Na plateia, encontramos a professora de gastronomia Isabela Jarocki acompanhada por vários alunos. “Eles (os alunos) estão começando agora na disciplina enologia e a ocasião foi perfeita. Uma verdadeira aula sobre tantos conceitos que cercam o universo do vinho”, comentou Isabela.

Para a empresária Leiliana Figueiredo o momento foi oportuno para quem trabalha no ramo. “Eu tenho uma loja de vinhos e dois filhos sommeliers. Então foi uma oportunidade de apreender ainda mais conteúdo e trazer para o nosso dia a dia”, disse Leiliana, que já tinha participado da palestra anterior com Maria Antonia Russi.

AROMAS E VINHOS

Entre os dias 1º e 18 de agosto, acontece o Aromas e Vinhos RioMar em que os clientes podem aproveitar pratos especiais preparados exclusivamente com a bebida, além de produtos relacionados com o consumo de vinho. No total, dez lojas e onze restaurantes participam do circuito. Durante a campanha, o público tem a oportunidade de conhecer os estabelecimentos – estarão sinalizados nas vitrines – que vendem o produto etílico e os acessórios relacionados como taças, saca-rolhas e decanter, por exemplo.

Deixe seu comentário