Cuidados com a saúde da visão das crianças nas férias
Foto: Divulgação Hope

Cuidados com a saúde da visão das crianças nas férias

Julho é o mês do recesso escolar, época para brincadeiras, passeios, diversão… com mais tempo e disponibilidade, o período é também ideal para que os pais atualizem os exames e visitas aos médicos dos pequenos, inclusive ao oftalmologista.

Sobre a ida ao oftalmo, frequentemente os pais se perguntam sobre o tempo ideal entre as visitas. A médica oftalmologista do Hospital de Olhos de Pernambuco (HOPE) Larissa Ventura esclarece que é recomendado um check-up anual nos olhos para as crianças. “É importante avaliar se houve piora visual, se surgiu algum grau ou até alguma alteração de retina. Sabemos que o período em que há o maior desenvolvimento e formação da visão é até os 7 a 9 anos. Então, é importantíssimo essa rotina, para que não haja prejuízos no desenvolvimento global dela”, afirma.

Segundo estudo publicado na revista The Lancet, o Brasil terá mais de 11 milhões de crianças obesas em 2025. Por mais improvável que pareça, a obesidade, o diabetes, o colesterol alto e o vício nos equipamentos eletrônicos podem causar problemas na visão dos pequenos, e esses fatores têm se tornado cada vez mais comuns no consultório, segundo Larissa Ventura. A médica, que atende no HOPE do RioMar e é especialista em oftalmopediatria, diz que “os eletrônicos portáteis estão tornando as crianças míopes de forma mais precoce e progressiva, por forçar muito a visão de perto”.

Além disso, a médica acrescenta, ainda, que a luz visível desses equipamentos pode causar prejuízos a longo prazo. “É igual à pele, quanto mais levarmos sol sem proteção, mais cedo ela vai envelhecer, a mesma coisa é com o olhinho: quanto mais luz visível é exposta à retina, mais cedo ela vai apresentar características próprias do envelhecimento”.

Deixe seu comentário