Um bom café, amigos e conversa. A receita faz do Brasil o segundo maior consumidor do grão do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, de acordo com Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). E o RioMar Recife, pelo segundo ano consecutivo, oferece o Circuito do Café RioMar, que teve início nesta quinta-feira (19) e segue até o dia 30 deste mês. Para marcar o primeiro dia do evento, o jornalista, barista e coffee lover Romoaldo de Souza, fez uma palestra intimista no Teatro Eva Herz, na Livraria Cultura.

Romoaldo de Souza, um café e uma boa conversa

Romoaldo, entre os mais diversos causos contados, prendeu a atenção da plateia, ávida por conhecer um pouco mais sobre o universo fascinante do café. De forma descontraída, o jornalista deu dicas sobre a bebida e trocou ideias com o público. “Há dez anos atrás havia uma expectativa de quando iria se expandir a quantidade de cafeterias na cidade. Agora, as pessoas anseiam por tomar um café de qualidade”, expôs o barista.

Foto: Paloma Amorim/Divulgação

O café de qualidade, aliás, foi o grande tema da noite. Taxativo, Romoaldo afirmou: “Café bom custa caro. Mas vale a pena”. Além disso, para ele a bebida de qualidade não precisa de açúcar. “O grão premium já é levemente adocicado. Acrescentar açúcar apenas retira as propriedades do café, que acaba perdendo o sabor”, explicou.

Romoaldo também comentou sobre o mercado e afirmou que Pernambuco se destaca na produção de grãos de qualidade. No entanto, o coffee lover chamou a atenção para a falta de profissionais no atendimento ao público nas cafeterias. “Muitas vezes o cliente chega em um café e os atendentes não sabem dar informações sobre a bebida. É preciso investir em pessoal qualificado, que dialogue com o público”, pontuou.

Foto: Paloma Amorim/Divulgação

No final, os presentes puderam interagir com o palestrante e o evento se transformou numa grande roda de conversa, com perguntas, respostas e boas risadas. Perguntado sobre a inovação no processo do café, o especialista respondeu: “A nova tecnologia do café é voltar a tomar café coado”, concluiu Romoaldo.

Começou! Experimente o Circuito do Café RioMar