Seja Carnaval sem abrir mão do sustentável
Foto: Pixabay

Seja Carnaval sem abrir mão do sustentável

Por Jussara de Paula*

Pensar em Carnaval é sinônimo de movimento e diversão. Seja nos blocos de rua, escola de samba, bailinhos, camarotes e até para os que veem uma ótima oportunidade para colocar o pé na estrada, vale a pena manter a sustentabilidade em qualquer espaço. Seja qual for a sua escolha, é importante lembrar os impactos que suas ações podem causar ao meio ambiente. Prepare suas fantasias ou malas e curta sua folia!

De carro ou a pé
Neste período, facilite sua mobilidade, aproveitando o uso de transportes coletivos, carona ou até uma caminhada diferenciada. Além de ver, ser visto e apreciar, é possível conhecer trechos da cidade, favorecidos aos pedestres.

Reimagine e utilize
Use a criatividade e dê uma repaginada nas fantasias e acessórios do ano anterior. Também vale trocar com os amigos. Além de economizar um bom dinheiro, você contribui para reduzir o consumo dos recursos naturais, necessários na produção da roupa.

Evite o desperdício de água
No Carnaval, as cidades turísticas enfrentam problemas com abastecimento de água, por isso use- a conscientemente: feche a torneira, tome banhos mais rápidos e evite lavar a calçada e carros com a mangueira.

Coopere com a limpeza das ruas
Evite jogar os seus descartes nas ruas. Procure uma lixeira mais próxima, pontos de coleta seletiva ou aos catadores no local. Lembre-se que lixo acumulado entope bueiros, provoca enchentes, gera mais gastos para a prefeitura e ainda pode atrapalhar sua folia.

Aposte no Eco
Espalhe o eco da sustentabilidade: leve seu copo, canudo e até o brilho de produtos biodegradáveis. Além da segurança da origem dos itens que vai usar, é possível diminuir os impactos de uso destes materiais, em sua grande maioria de origem plástica, hoje de grande impacto nos oceanos.

*Jussara de Paula é analista de meio ambiente do RioMar Recife.

Deixe seu comentário