Com cada vez mais gente morando em centros urbanos e apartamentos compactos, uma nova tendência de decoração está brotando (literalmente) nas cidades. Chamada de urban jungle, ou floresta urbana, a moda consiste em trazer plantas para dentro de casa, aproximando o verde do dia a dia dos moradores.

Já existem vários estudos científicos que afirmam ter verde por perto faz bem para a alma e também para o corpo: acalma, aumenta sensação de bem estar e a resistência a doenças (saiba mais sobre esses estudos aqui).

Existem várias maneiras de adotar a tendência na sua casa. Se inspire das ideias da decoradora Cecília Dale, que tem loja no RioMar Recife, no piso L2.

Muitas e muitas plantas

A maneira mais óbvia de criar sua mini floresta urbana é investir em plantas. O grande destaque é para as folhagens, e não flores. As pétalas podem aparecer como toques de cor, mas as folhas verdes são as verdadeiras protagonistas dessa tendência. E vale tudo: de paredes verdes e árvores frutíferas dentro de casa até simples vasinhos agrupados em aparadores e prateleiras.

Se você é daqueles que não tem jeito para jardinagem, procure plantas mais resistentes, como cactos e suculentas. Ou invista em folhagens permanentes. Segundo um dos estudos, observar plantas artificiais traz os mesmos efeitos que as naturais. E hoje elas são tão perfeitas que nem as visitas vão descobrir a diferença!

Estampas de folhas

A folhagem pode estar presente em forma de estampas, espalhadas pelos objetos do dia a dia. Louças, almofadas, papéis de parede, gravuras… quadros com paisagens verdes colaboram com o clima de tranquilidade e harmonizam os ambientes.

 

Cores e complementos

Materiais naturais e mais rústicos remetem à floresta. Por isso a tendência também inclui peças de rattan, bambu e madeira, além tecidos com textura, como o linho. Além disso a a cor verde é sempre bem vinda, assim como suas primárias, amarelo e azul (que juntas geram o verde).

Fonte: Blog Cecilia Dale