Saiba como manter sua geladeira limpa e organizada
Foto: Freepik/Divulgação

Saiba como manter sua geladeira limpa e organizada

Uma geladeira limpa e organizada é tudo de bom, né? Além de ser uma questão de saúde, (quanto mais cheia e desorganizada, maior a possibilidade de alimentos vencidos), contribui para a praticidade na hora de cozinhar, evita desperdícios e ajuda até no consumo de energia. Desta forma, separamos algumas dicas para limpeza e organização dos alimentos. Confira!

Quarentena: veja dicas de como evitar o desperdício de alimentos

Limpeza:

O ideal é limpar a geladeira uma vez por mês: com ela vazia, retire todos os compartimentos – gavetas, divisórias, prateleiras e lave-os com água e sabão neutro;

Caso não seja um aparelho frost free, não tente tirar o gelo com aparatos pontiagudos, como facas, colheres ou similares. Espere até que descongele naturalmente;

Não use esponja de aço e produtos abrasivos;

Para manter a higienização, semanalmente, umedeça um pano com uma mistura feita com: 2 copos de água + 1 colher de detergente + 1 colher de vinagre de álcool;

Para a parte de fora da geladeira use um limpador multi-superfícies com um pano úmido e depois outro seco.

Agora que sua geladeira está um brinco, vamos deixá-la mais organizada?

Acondicionamento de alimento:

Alguns alimentos necessitam de mais refrigeração do que outros. Então, é importante saber onde guardá-los.

Carnes e peixes são os itens que requerem maior atenção pois têm maior risco de deterioração. Neste caso, precisam estar em potes com boa vedação;

De uma maneira geral, a regra é: alimentos que precisam de mais refrigeração como queijo, iogurte, leite, frios, etc devem ser colocado nas prateleiras superiores; os que precisam de menos refrigeração como: sobras do almoço, alimentos que estiverem em processo de descongelamento, sucos, bolos, etc), nas prateleiras inferiores;

Gavetas pequenas para as frutas e gaveta maior para as verduras que devem ser guardadas de preferência em embalagens plásticas, que podem facilmente serem adquiridas em lojas de embalagens ou supermercado. Ervas e hortaliças também devem ser coladas em saquinhos plásticos após serem lavadas. Frutas e legumes têm durabilidade de 3 a 7 dias na geladeira, verduras e temperos de 2 a 3 dias;

Uma dica que quase ninguém sabe: ovos devem ser guardados dentro da geladeira, na primeira ou segunda prateleira, onde não estarão sujeitos às mudanças abruptas de temperatura resultantes do abrir e fechar da porta da geladeira;

Na porta da geladeira: devemos guardar condimentos como maionese, ketchup, temperos para saladas, azeitonas e conservas. Ah, e o lugar do vinagre é na porta da geladeira também, pois em temperatura ambiente ele pode sofrer contaminação de bactérias;

Alimentos embutidos, como salame e calabresa dispensam muita refrigeração, pode ser colocado nas prateleiras mais baixas da geladeira, mas fique sempre atento em sua data de consumo após abertos;

O congelador é onde ficam armazenados os alimentos que precisam ser conservados em temperaturas mais baixas como sorvetes e carnes que serão usadas futuramente. Diversos legumes também podem ser congelados garantindo assim uma vida mais longa.

Organização:

Para facilitar, alimentos usados todos os dias podem ser deixados em potinhos, como por exemplo o milho e queijos;

Utilize potes transparentes para que o alimento fique visível e mais fácil de identificar;

Etiquetas reaproveitáveis são muito uteis para identificar qual é o alimento que está dentro daquele pote e qual a data de validade;

Cestos organizadores também são peças curinga. Organize-os os por utilidade: lanchinhos das crianças; itens de café da manhã, etc.

Deixe seu comentário