Make: todo cuidado é pouco com a pele das crianças

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

No Carnaval,  os papais acabam se empolgando e capricham na maquiagem e glitter para deixar os miúdos no clima carnavalesco. Mas é preciso ter cuidado com os excessos e, principalmente, estar atento aos produtos que são usados. A dermatologista Sarita Martins deu algumas dicas para não deixar a pele das crianças irritadas.

Make infantil 

A pele da criança é muita fina e sensível. Não deveriam usar tintas nem tão pouco glitter. Esse tipo de produto deveria ter, obrigatoriamente no rótulo, o termo “dermatologicamente testado”. Na hora da compra do produto, os pais devem ler no rótulo “uso infantil” e a idade mínima permitida. Dependendo do que sejam feitos, poderão causar alergias graves e até serem tóxicos. A remoção deve ser feita com loções ou cremes de limpeza específicos para a pele. É preciso ter muito cuidado também com os olhos da criança.

Hidratação e filtro solar 

Com relação à hidratação, a ingestão deve ser de água ( mineral ou de coco ) sempre que possível . Procurar comprar fantasias bem fresquinhas e confortáveis,com menos roupa possível, e nunca esquecer da aplicação do filtro solar a cada duas horas e, meia hora antes de sair de casa, sempre duas camadas.

Vale lembrar que o filtro solar para criança deve ser o físico (todas as apresentações pediátricas são) e só usar a partir de 6 meses de idade. No caso de queimaduras solares, se de primeiro grau ( só vermelhidão), aplicar compressas com água gelada adicionada de goma ou compressa com chá de camomila gelado. Também indicamos a aplicação de pasta d’água, facilmente encontrada nas farmácias.

Caso a queimadura tenha bolhas, procurar um médico.



comment 1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *