5 filmes sobre educação para assistir em casa
Foto: Reprodução/Paramount Pictures

5 filmes sobre educação para assistir em casa

Por Deoclécio Tadeu
Do RioMar Recife

O universo cinematográfico frequentemente aborda alguma temática social. Isso acontece porque o cinema, além de ser uma forma de entretenimento, pode se erguer como um forte aliado às reflexões expondo as nuances da vida real. A título de exemplo podemos citar o filme “Parasita”, vencedor do Oscar de melhor filme em 2020 que retratou as questões de diferenças sociais na Coreia do Sul e “Homens de Honra” que abordou com maestria a questão do racismo nos Estados Unidos no início da década de 1950.

Pois bem, já que esse gênero cativa muita gente, a equipe do Viva RioMar Recife preparou uma lista especial com 5 filmes sobre educação. Essas produções abordam esse pilar da sociedade e mostram os conflitos diários de professores e alunos no ambiente escolar. A ideia é, mais uma vez, refletir sobre o tema e, claro, curtir um bom filme 📽. Confira:

ESCRITORES DA LIBERDADE

Para começar “Escritores da Liberdade”. O filme que narra a história da professora Erin Gruwell. A jovem, recem-chegada em uma escola de periferia marcada por uma grande criminalidade e disputas de gangs, se depara com o desafio de educar um grupo de jovens marginalizados. Com um método inovador e coragem para enfrentar o sistema educacional, Gruwell cria “O Diário dos Escritores da Liberdade” e mostra como a escrita é capaz de transformar vidas. A professora é interpretada por ninguém menos que Hilary Swank.

SOCIEDADE DOS POETAS MORTOS

Aqui temos um clássico do gênero. Estrelado por Robin Williams, “Sociedade dos Poetas Mortos” venceu o Oscar de Melhor Roteiro Original e foi indicado em mais duas categorias na premiação mais importante do cinema norte americano. A trama se passa em 1959 na Welton Academy, um tradicional e conservador internato masculino. A questão é que o professor de literatura John Keating começa a ensinar os alunos a pensarem por si mesmos mostrando que a educação ia muito além do inflexível ensino aplicado na instituição.

ENTRE OS MUROS DA ESCOLA

François Marin (François Bégaudeau) trabalha como professor de língua francesa em uma escola de ensino médio, localizada na periferia de Paris. Ele e seus colegas de ensino buscam apoio mútuo na difícil tarefa de fazer com que os alunos aprendam algo ao longo do ano letivo. François busca estimular seus alunos, mas o descaso e a falta de educação são grandes complicadores.

MEU MESTRE MINHA VIDA

O professor Joe Clark (Morgan Freeman) é convidado pelo seu amigo Frank Napier (Robert Guillaume) a assumir o cargo de diretor em uma problemática escola de Nova Jersey. Autoritário e arrogante, Clark comanda com pulso firme e com métodos pouco ortodoxos, as vezes até violentos. Dessa forma, ele consegue com que alguns alunos da escola, que sofre com problemas de tráfico de drogas e violência, passem no exame de final de ano realizado pelo governo. Mesmo fazendo o bem para os alunos, seus métodos contraditórios atraem admiradores mas também inimigos.

MENTES PERIGOSAS

Uma ex-oficial da marinha abandona a vida militar para ser professora de inglês. Só que logo na primeira escola em que começa a lecionar, ela vai se deparar com diversas barreiras. Sendo um colégio de negros, latinos, e na maioria de pessoas pobres, ela terá que lidar com a rebeldia dos alunos. Como a professora Louanne Johnson não consegue através de métodos convencionais a atenção da sua classe, ela parte para outra forma de ensino. Passa a dar aulas com karatê e músicas de Bob Dylan, tentando ajudar a turma através de métodos diferenciados.

Netflix lança filmes de terror no mês do Halloween

Deixe seu comentário