Por Carmen Peixoto*

Ficou decidido que a festinha de Natal com os amigos vai ser na sua casa, então planeje tudo: a lista de convidados, o espaço que tem à sua disposição e previna-se com o plano B para os imprevistos, tais como se bebidas faltarem ou se o som falhar. Fique antenado!

Após fazer os convites pelo telefone ou enviá-los pelo correio, com antecedência de pelo menos dez dias, tenha o cuidado de confirmar as presenças.

Feito isso, pense na decoração! Os motivos natalinos ainda são a melhor escolha para a época, postos em pontos estratégicos, de acordo com os móveis.  Algo que realce o ambiente, mas sem excessos.

Organização

Existem as festinhas que nós mesmos resolvemos organizar e para que tudo ocorra bem e seja um sucesso é preciso programar-se, inclusive,  em cima do orçamento que se dispõe.

Buffet

Se houver muitos convidados, o melhor é organizar um jantar à americana, no qual as pessoas se servem, ficando a cargo dos garçons ou dos anfitriões as bebidas e os petiscos. Indispensáveis são as mesinhas de apoio para que as pessoas ponham os pratos e os copos na hora de servir-se.  No cardápio incluir opções para os diversos paladares e um bom vinho. Antes do jantar ou do coquetel podem ser servidos sucos, uísque, prosecco, acompanhados de canapés.

Sucesso da festinha

Vai depender dos anfitriões o sucesso da festinha, ou seja , a capacidade de criar um clima de cordialidade, o cuidado  de  apresentar uns aos outros, de evitar assuntos que estimulem debates acalorados.  O toque de alegria será, sem dúvida, a escolha de um bom repertório de músicas, mas sem deixar que a altura do som interfira nas conversas.

Dicas para o anfitrião

  • O espaço precisa acomodar bem as pessoas
  • É necessário que dispense atenção igual a todos os convidados
  • Apresente os que chegam aos que já estão
  • Beba socialmente, mas não sem excessos para não se tornar inconveniente

*Carmen Peixoto é jornalista e instrutora de etiqueta profissional e social