Painel inédito de Jona Lira a partir de recicláveis no RioMar

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
Fotos: Débora Claro/especial para o RioMar Recife

Para celebrar a Semana do Meio Ambiente, chamando atenção para a responsabilidade de cada um de nós, o RioMar Recife montou uma exposição na Praça de Eventos do Piso L1. Logo na entrada, uma belíssima obra intitulada Natureza é Luz, assinada pela artista visual pernambucana Joana Lira, hoje radicada em São Paulo. Além de um painel interativo e a exposição dos trabalhos vencedores da 4ª edição do concurso cultural “Água: Juntos, vamos preservar”.

“A Semana do Meio Ambiente existe desde a época da construção do RioMar. Este ano, está ainda mais robusta, com a integração de três projetos: a exposição digital do concurso da água, um painel interativo que convida o público a pensar sobre a atitude de cada um e a intervenção de Joana Lira que, além do vitral, mostra todo o ciclo da produção, a partir do uso de resíduos, que voltam em forma de arte”, destaca a gerente de Marketing do RioMar, Denielly Halinski.

Em abril, o RioMar lançou o Manifesto de Sustentabilidade Grupo JCPM, com o posicionamento “E você? O que pode fazer pelo amanhã, hoje?”. A partir deste princípio, Joana foi convidada para desenvolver um projeto que envolvesse arte, sensibilidade e sustentabilidade, levando à conscientização. Joana tinha uma missão: inspirada em elementos poéticos da natureza, ela deveria usar materiais recicláveis, até então um desafio para a artista. “A grande história dessa obra é a utilização de produtos recicláveis. A ideia era usar material de descarte que não fosse mais do mesmo, que não fosse óbvio, já que usar esse tipo de produto não é inusitado”, revelou Joana.

Edson Lira, Joana Lira e Denielly Halinski, gerente de MKT do RioMar Recife.

Como não tinha essa expertise com o uso desse tipo de material, Joana foi atrás de alguém que desenvolvesse sua ideia. Foi quando conheceu o cenógrafo Edson Lira, que comanda um núcleo de artesãos na cidade de Moreno, na Região Metropolitana do Recife. Edson apresentou à Joana as tramas de garrafa PET, ideais para o que ela queria. “As tramas são tiradas do meio de garrafas lisas. E cada conjunto é filetado à mão. Não usamos máquina para garantir a textura . Cada artesão corta, individualmente, a peça e pinta. Precisamos desenvolver até as cores solicitadas por Joana, como um verdadeiro processo de alquimia, para chegar a esse efeito”, explicou Edson, que trabalha com recicláveis há oito anos.

“Fiquei muito feliz com essa parceria. Foi o alinhamento da expertise de Edson com o meu desejo de fazer algo diferente. Através da contemplação, quero que o público crie esse diálogo com o reuso consciente do lixo. Que as pessoas possam não apenas apreciar a obra, mas questionar o que está por trás dela, entendendo a responsabilidade de cada um neste processo”, afirmou Joana. O material usado foi todo recolhido pela cooperativa Pro-Recife, formada por catadores da Comunidade Caranguejo Tabaiares, parceira do RioMar desde 2012. Para o projeto, foram selecionadas 300 garrafas PET.

Também faz parte da exposição um painel interativo. A ideia é que o público perceba de que forma as ações de cada um interferem no meio ambiente. O painel simula uma paisagem que muda quando alguém passa por ela, transformando o local. Quem passou pela experiência foi o estudante Jorge Braz, de 19 anos, morador de Brasília Teimosa, na Zona Sul do Recife, um dos 30 alunos do Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) que visitaram a exposição e tiveram uma aula com Joana e Edson Lira sobre todo o processo de produção usado no projeto Natureza é Luz.

“Na minha comunidade, existem muitas pessoas que já abraçaram a causa ambiental, mas ainda é um percentual pequeno, se compararmos com o número de moradores. Tudo começa no descarte. Eu procuro separar o lixo de forma correta. O vidro, por exemplo, enrolo no jornal antes de jogar fora, para não machucar os catadores. Se todos colaborassem, teríamos um efeito ainda maior”, explicou Jonas, consciente.

O público também pode participar respondendo à pergunta “E você? O que pode fazer pelo amanhã, hoje?” no site do projeto. É só acessar www.vivariomarrecife/sustentabilidade. As respostas são moderadas e, depois de liberadas, ficam expostas no painel.

Grupo JCPM lança manifesto pela sustentabilidade

Os visitantes ainda podem conferir os trabalhos do concurso cultural, uma parceria do RioMar com a Secretaria Estadual de Educação e Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Ao todo, 66 escolas pernambucanas participaram, resultando em nove trabalhos vencedores, distribuídos em três categorias: desenho, projeto e vídeo.

A exposição da Semana do Meio Ambiente é gratuita e fica no shopping até o dia 12.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *