“Para doar não tem desculpa”. A frase é de Davi Freire dos Santos, 26, que é cadeirante, e disse que a solidariedade é o que deve motivar as pessoas a doarem sangue. A ação acontece nesta quarta-feira (31) através de uma parceria da Fundação Hemope com o Instituto João Carlos Paes Mendonça (IJCPM) e com o apoio do RioMar Recife. A doação é feita no instituto, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 16h30. A ação de coleta externa faz parte do calendário de visitas da Taça da Copa do Nordeste de Futebol que tem como mote “Sangue Tipo NE” e passará pelas principais capitais dos estados nordestinos.

Davi Freire fez a sua primeira doação de sangue e afirma que a solidariedade faz a diferença na sociedade

A assistente social do Hemope, Mônica Assunção, explica que a campanha tem o objetivo estratégico de reforçar o estoque para o Carnaval. “As doações tendem a cair porque as pessoas estão mais preocupadas com as prévias, bebem, e, por isso, não podem doar”, detalha Mônica.

Ela também comenta que o ideal  é receber, em média, 350 doações por dia, mas o número não tem sido alcançado. “Com esta campanha, esperamos conseguir um aumento de 15% no quantitativo de nosso estoque”, comentou.

Laíssa Galvão, 25, trabalha no IJCPM e deu o exemplo. “Já sou doadora. É o tipo de atitude que traz satisfação pessoal porque nos faz sentir úteis à sociedade que precisa de sangue”, destacou.

Laíssa Galvão afirma que o processo de doação de sangue é muito tranquilo

Para doar sangue

Para doar é preciso atender aos seguintes critérios: estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos – neste último caso, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos -, pesar, no mínimo, 50kg, estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas), alimentado e apresentar documento original, com foto, emitido por órgão oficial (carteira de identidade, cartão de identidade de profissional liberal, carteira de trabalho e previdência social). Menores de 18 anos precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis e ambos devem estar munidos de documento com foto.

Quem já é doador deve obedecer ao intervalo de 90 dias (homens) e 120 dias (mulheres).

Cuidados após a doação de sangue

» Ingerir bastante líquido

» Alimentação normal

» Não fumar nas primeiras 2 horas

» Não pegar peso com o braço utilizado para doação

» Não realizar esforço físico acentuado nas 12 horas subsequentes a doação (andar de bicicleta, carregar peso, fazer ginástica, faxinas, lavar roupa a mão)

» Evitar exposição prolongada ao sol