Celebrar com alegria. Essa foi a tônica do Natal Sanfonado RioMar, evento gratuito, na noite dessa quinta-feira (15), feriado da Proclamação da República. Uma Praça de Alimentação repleta de gente cantando, dançando e curtindo os clássicos natalinos em ritmo de forró. No palco, Ed Carlos, Irah Caldeira, André Macambira, João Carlos Baiano, Roberto Cruz, Nádia Maia, Andrezza Formiga, Dudu do Acordeon, Benil e Rogério Rangel deram um show de talento e simpatia.

Minutos antes de se apresentar, Rogério Rangel comentava sobre o diferencial do projeto. “A ideia é trazer para o Nordeste a cultura natalina. Todos os símbolos do Natal tem a ver com neve ou trenó, coisa que não temos. Por isso vamos ‘nordestinar’ o Natal, com os clássicos natalinos tocados e cantados na levada do forró”, explicou o artista.

O cantor Rogério Rangel destacou o valor de tocar clássicos natalinos em ritmo de forró.

E assim foi. Ed Carlos começou e deu o tom com a canção ‘O Velhinho’, de autoria de Dominguinhos, para, então, acender a plateia com ‘Vida de Viajante’, do imortal Luiz Gonzaga.

O efeito, claro, muito forró no pé. Que o digam os colegas Tatiane Alcoforado e José Rodrigues, ambos praticantes de dança de salão. “Viemos ao cinema e nos deparamos com o show. Foi uma grata surpresa. Amamos forró!”, disse Tatiane.

Já Iêdo de Oliveira soube com antecipação do evento. “Sou fã do ritmo. Deixei de viajar para estar aqui, hoje, curtindo as apresentações dos artistas que são maravilhosos”, afirmou.

Iêdo de Oliveria é fã do ritmo nordestino.

Ao chegar sua vez, Nádia Maia deu o recado. “O Natal não é só feito de presentes. Significa muito mais. A época é para se doar e acreditar num mundo melhor. Esse é um momento feliz”, pontuou a cantora, levando o público a se emocionar com ‘Noite Feliz’.

Ali pertinho, em meio a tanta alegria, uma família chamava atenção. É que a pequena Vitória Maranhão, de quatro aninhos, encantava a todos dançando por vezes no chão,outras tantas nos ombros do pai. “Sou músico e posso dizer que está tudo perfeito. Dá para perceber pela felicidade da nossa filha, não é?”. Com toda certeza, Leonardo.

A família Leonardo Maranhão, Letícia Flores e Vitória Maranhão era uma alegria só.

E com versos de amor e fé, os dez músicos subiram ao palco para se despedir do público: “É tempo de comemorar, acreditar e ter esperança. A alegria está no ar”.