Amor, carinho, animação e simpatia marcaram a noite desta sexta-feira (27). No palco do RioMar, um dos cantores que ultrapassa gerações Adilson Ramos fez pessoas de todas as idades cantarem suas músicas em coro. O show gratuito foi em comemoração ao Dia dos Avós (26).

Na plateia, um público fervoroso com todas as letras na ponta da língua, cantando, interpretando e dançando as músicas do ídolo. Quando questionada do porquê gostar tanto de Adilson, Heloísa Alves (70) é enfática: “Gosto dele desde os meus 10 anos. Eu amo as músicas, a humildade, simpatia e o carisma”.

Também empolgada na plateia estava Selma Angelina (58). Ela coleciona os CDs do cantor, desde sua adolescência, e comentou o que as músicas dele representam: “Elas relembram minha juventude. Na minha época de paquera eu ouvia essas canções. E ele é sempre muito simpático e alegre”.

Simpatia que ficou marcada do início ao fim da apresentação. Adilson já entrou no palco conversando com os fãs e tirou foto com todos.

A abertura do show foi com um clássico de sua carreira “Sonhar Contigo”. Além dela, o repertório passou por outras canções marcantes de sua trajetória como “Olga”, “Leda” e “Vem pra mim” até outros hinos nacionais como “Como é grande o meu amor por você” de Roberto Carlos. Por fim, Adilson entoou com o público “Não chore mais meu bem”.

Após o espetáculo, o artista dividiu suas impressões: “O show foi fantástico, maravilhoso! A plateia sempre me recebe com carinho, desde o início dos meus 58 anos de carreira, e isso é uma benção”. Adilson também comentou sua sinergia com os fãs e deixou uma lição: “Acredito que esse carinho é porque eu faço o que amo e isso faz diferença. As pessoas devem fazer o que gostam e o que as fazem feliz”.