Vida longa às roupas: entendendo os símbolos da etiqueta

Vida longa às roupas: entendendo os símbolos da etiqueta

Por Jussara de Paula*

Ter roupas novas é sempre bom. Depois de usada e na hora da lavagem, observamos que em grande parte delas existe um pequeno pedaço de tecido indicando país de origem, composição, tratamento e cuidados de conservação, representados por alguns símbolos. Mas estes símbolos, para que servem?

Para grande maioria, essas representações podem não significar muita coisa, mas a partir do momento em que conhecemos a interpretação de cada um, saberemos exatamente a melhor maneira de realizar a limpeza de cada tecido. Assim, as peças continuarão novas por mais tempo. Por isso, vamos à explicação de algumas figuras presentes nas etiquetas. E não se esqueça de optar por produtos biodegradáveis para não agredir ao meio ambiente.

NA LAVAGEM

O símbolo que lembra uma bacia de água representa o método de lavagem recomendado para a peça. Quando o desenho está assinalado com um X significa que o processo não é permitido. O número que aparece no balde (em graus) aconselha a temperatura máxima para a lavagem.

O pequeno traço embaixo da ilustração informa se a lavagem deve ser suave ou muito suave. Já o desenho de uma mão instrui que a lavagem deve ser feita manualmente.

NO ALVEJAMENTO

O triângulo nas etiquetas representa que o processo de alvejamento é permitido para a peça. Os desenhos marcados pelo X indicam que a peça não pode ser alvejada. Já os dois traços desenhados dentro do triângulo demonstram que a peça pode ser alvejada apenas com produtos a base de oxigênio. Um triângulo simples demonstra que todo tipo de agente de alvejamento oxidante é permitido.

NA SECAGEM

O método de secagem de uma peça é indicado na etiqueta por um quadrado. Quando há um círculo dentro do quadrado significa que pode ser feito na centrífuga ou máquina de lavar, também conhecidos como secagem em “tambor”. Se o desenho estiver assinalado com um X, esse tipo de secagem não é permitida.

Um risco curvado dentro do quadrado significa que a secagem pode ser feita no varal. Dois traços na diagonal recomendam que a secagem seja feita na sombra. Três riscos na vertical indicam que a peça pode ser pendurada ainda molhada. Já um traço na horizontal mostra que a peça deve ser seca nessa posição.

NO PASSAR

O método de passar é representado por um desenho que lembra um ferro e a quantidade de bolinhas na parte de dentro no desenho indicam a temperatura máxima recomendada para aquela peça (uma bolinha = máximo 1100C). Se o desenho está marcado por um X, significa que não é permitido passar a peça.

NA LAVAGEM A SECO

O círculo representa peças que devem ser lavadas a seco. Letras inscritas no desenho demonstram quais produtos permitidos para lava-las (Tetracloroetileno ou Hidrocarboneto; Hidrocarboneto, Lavagem úmida, respectivamente). O traço embaixo da ilustração indica que a limpeza deve ser feita de maneira suave ou muito suave. Se o círculo estiver marcado por um X, não é necessário lavar a peça a seco.

*Jussara de Paula é analista de meio ambiente do RioMar Recife.

Deixe seu comentário