Qualidade de vida: 4 dicas para aprender a comer melhor em casa
Foto: Pixabay/Divulgação

Qualidade de vida: 4 dicas para aprender a comer melhor em casa

Qualidade de vida nada mais é do que uma relação direta entre nutrição e bem-estar físico e mental. Por isso, além de manter a rotina em casa com exercícios físicos, apostar em uma dieta balanceada e saudável é a chave para diversos benefícios à saúde. Só para citar alguns: reforçar o funcionamento do sistema imunológico, melhorar a qualidade do sono, do humor e até da capacidade de concentração. Sem contar que também ajuda a reduzir a sensação de cansaço e estresse, e auxilia na prevenção de doenças crônicas e cardíacas, por exemplo. Sabe aquele ditado “você é o que você come”? É exatamente isso que ele significa. E para ajudar, a academia Cia Athletica dá quatro dicas de como comer melhor:

1 – Invista em bom café da manhã

Apostar em um bom café da manhã é peça-chave para comer melhor. Se alimentando de forma nutritiva ao acordar, a tendência é que você se sinta mais satisfeito ao longo do dia e diminua a quantidade de alimento das próximas refeições. As melhores opções para este horário são frutas, pães integrais com requeijão light e peito de peru ou presunto magro. Leite, iogurtes desnatados e sucos naturais também são excelentes opções. As crepiocas, receita que mistura goma de tapioca com ovos, também fazem sucesso, principalmente com quem treina pelo período da manhã, pois aceleram o metabolismo e ajudam no ganho de massa magra.

2 – Coma saladas no pós-treino

A dica se mantém válida para quem está adaptando os treinos na rotina em casa, afinal, independente do local, é comum sentir muita fome depois das atividades. E se você não sabe o que comer para não estragar todo o suado rendimento dos exercícios, invista em uma boa salada! Os benefícios são ainda melhores quando você as combina com proteínas. Turbine a sua saladinha convencional com pedaços de frango ou atum, que além de deixar a sua refeição bem mais gostosa, eles ainda ajudam na recuperação dos músculos e no combate ao colesterol.

3 – Frutas podem diversificar o seu menu

Você pode até fazer careta, mas as frutas são uma excelente opção de sobremesa, principalmente se você está na luta para aprender como comer melhor.  Além de abrir uma infinidade de opções no menu, elas podem ser consumidas de diversas formas: tanto in natura, quanto na forma de ingredientes de novas – e deliciosas – receitas como as famosas saladas de frutas, vitaminas, sucos naturais, geleias, etc. Elas também ficam uma delícia quando quentinhas e salpicadas de canela. Uma dica é sempre montar um cardápio semanal e diversificar as frutas que você vai ingerir, uma vez que elas sempre possuem diferentes nutrientes essenciais para o funcionamento do nosso corpo.

4 – Acompanhamento profissional

O acompanhamento de um profissional especializado é essencial para quem quer, além de ver diferença na balança, realmente aprender como comer melhor. Para preparar uma dieta balanceada e que atinja os todos os seus objetivos pessoais, o nutricionista vai avaliar a sua rotina, seus hábitos alimentares e o seu tipo físico. Ele te dará dicas especiais e orientações personalizadas, levando sempre em consideração o funcionamento individual do seu corpo na busca por mais qualidade de vida. Além disso, durante esse período de quarentena muitos profissionais de nutrição estão disponíveis para consultas online. Então nada da inventar desculpas, hein?

Bom apetite! 😋💪

Receita: saiba como preparar um lanchinho leve e nutritivo

 

Deixe seu comentário